Arquivo da tag: fotos

Escola Manacá abre nossa temporada de oficinas de férias – junho/julho de 2011

Os alunos da Escola Manacá estiveram em nossa Oficina para aprender sobre a História do Vidro.  Participando da experiência de confeccionarem suas próprias  peças para mostrarem aos pais, familiares e amigos, eles ficaram com esta eterna lembrança junto aos colegas de escola e professores.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Coordenadas pela artista plástica Elvira Schuartz, as oficinas são ótimas oportunidades de lazer para quem fica em São Paulo, e mais uma alternativa para os pais que além de oferecer uma atividade lúdica e educativa para os  filhos podem participar desta divertida vivência.

Na Oficina “Você já viu soprar vidro?”, as crianças brincam com o material em experiências práticas, como fazer enormes bexigas de vidro, gotas de cristal e divertidos “ETs”, além de aprender sobre a importância da reciclagem, em um arborizado casarão no Pacaembu. As crianças recebem uma lembrança e um gibi sobre vidro.

Já a “Oficinas de Aprendizes” tem como objetivo produzir uma peça com a ajuda dos vidreiros. A peça feita durante esta oficina poderá ser levada para casa no dia seguinte.

Clique aqui para ver valores e outros cursos

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em CURSO, OFICINA, SOPRO / CANA, VÍDEOS

Espaço Zero na Educação!

Aprendendo a fazer vidro

Alunos aprendendo a fazer vidro na cana

Os alunos da Escola Nossa Senhora das Graças (Gracinha) estiveram em nosso atelier para a Oficina “Você já viu soprar vidro?” onde os alunos puderam conhecer o processo de transformação da areia em vidro e tiveram a oportunidade de entrevistar a artista Elvira Schuartz.

Esta oficina – uma das mais bem sucedidas que já tivemos –  com certeza agregou muito conhecimento aos alunos, devido ao trabalho em conjunto entre colaboradores do atelier e professoras do Gracinha, que estiveram em todos os momentos com os alunos, acompanhando, questionando e instigando os pequenos a absorverem o máximo possível de informação. Certamente, foi uma experiência inesquecível.

Elvira e os alunos do Gracinha

Leia um trecho da entrevista com Elvira:

Para retirar a massa do forno, usa-se um cabo comprido de ferro chamado cana. Uma bolinha da massa fica presa na ponta da cana. Na outra ponta, há um buraquinho para assoprar essa massa. Conforme o ar vai entrando no cano, a massa começa a crescer e ganhar uma forma. Para ajudar na modelagem, usa-se: tesoura, pinça, espátula, moldes e jornal. A modelagem termina quando o vidro endurece.

Em seguida, para não sofrer choque-térmico, essa peça é levada para o forno de resfriamento, de temperatura bem mais baixa (por volta de 500°C) durante 6 horas. Passado esse tempo, a peça está pronta.

Durante a entrevista, Elvira contou que começou a se interessar pelo trabalho com vidro quando quebrou uma lamparina de sua casa e ela foi tentar consertá-la. O vidro só era vendido em barras de 1 metro. Como era necessário usar apenas 6 cm da barra para o conserto, Elvira, depois de recuperar a lamparina, começou a criar outros objetos com o restante dos pedacinhos. (…)

Clique aqui para ver a notícia na íntegra e as fotos da oficina.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Deixe um comentário

Arquivado em CURSO, OFICINA, SOPRO / CANA

Sarau Zero – Março 2010

Sarau Zero especial

31 de março de 2010

O céu ficou limpo, e a lua cheia iluminou o jardim da galeria Espaço Zero para mais um Sarau Zero na noite do dia  31 de março.  Foi um Sarau mais do que especial: a artista plástica e poeta Elvira Schuartz, que comanda o ateliê de vidro do Espaço Zero, recebeu amigos para comemorar seu aniversário com muita poesia e música.

“Organizo o Sarau Zero desde junho de 2009 para promover a multiplicidade de manifestações culturais. Literatura, música, performances artísticas… Tudo em meio às esculturas de vidro que iluminam o Espaço Zero”, afirma Elvira. “Comemorar meu aniversário nesse ambiente, ao lado de amigos tão queridos, é uma maravilha.”

Entre os amigos estavam os poetas Carlos Felipe Moisés e Célia Godoy Cardoso de Melo, das oficinas literárias que resultaram nos livros Qu4rta-Feira – Antologia de Prosa e Verso e Outra Qu4arta-Feira, do qual Elvira participa.

“Curtir literatura é um vício solitário. O sarau é um convite para trocar ideias e experiências em um clima informal”, afirma Carlos Felipe Moisés. “O mais interessante do sarau é a surpresa, a espontaneidade. Não há controle de qualidade: você pode ouvir algo muito bonito e algo muito simplório na mesma noite, e está tudo bem. Nunca se sabe o que vai rolar.”

O poeta e jornalista Paulo Ludmer, outro integrante do grupo do Qu4rta-Feira, completa: “O ambiente do Espaço Zero é singular: propaga o conhecimento e a inovação, além de formar artistas. Por isso, é muito importante para a cultura da cidade”.

Junta-se à conversa o poeta Dirceu Villa, que ressalta o diálogo entre diferentes tipos de arte promovido pelo Sarau Zero. “Uma das coisas que faltam hoje no Brasil é uma maior comunicação entre as artes. E a forma como Elvira faz isso é sensacional”, comenta, ao que Carlos Felipe Moisés acrescenta: “No século 20, o diálogo da poesia e da literatura com as artes plásticas é mais forte do que com a música. Mas isso é papo de sarau…”

E o “papo de sarau” segue noite adentro, acompanhado de leituras especiais dedicadas à aniversariante e da apresentação dos músicos Daniella Alcarpe, Daniel Cukier e Zezinho da Guitarra.

Em abril tem mais. Para participar, envie um e-mail para cultural@espacozero.com.br.

Galeria de fotos

4 Comentários

Arquivado em SARAU

Sarau 26 de Janeiro de 2010

Zezinho da Guitarra

Daniella Alcarpe e Daniel

Dueto de Dani e Zezinho:

Dani com Vestidim:

Elvira Schuartz

Mauricio Schuartz

Confira post na integra no Blog Espaço Zero Cultural:

http://espacozerocultural.wordpress.com/2010/01/27/sarau-26-de-janeiro-de-2010/

Daniella Alcarpe

CONHECER ESPAÇO ZERO CULTURAL

1 comentário

Arquivado em CULTURAL, SARAU, VÍDEOS