Arquivo da tag: arte

v i d r o f u s ã o

“Damien Dagiggade, um francês, quer falar contigo. Ele quer colocar coisas dentro do vidro, como lata de refrigerante, papel higiênico, sabonete, coisas do cotidiano…” disse minha assistente no auge da correria do mês de novembro. Não dei bola. “Viajou…”, pensei. Mas ele tornou a ligar. E de novo, e de novo. Até que atendi. Perguntei se era artista. Disse que não, que trabalhava com informática. Se auto denominou “curioso” e a partir daí começamos a conversar.

A curiosidade as vezes nos leva a territórios apaixonadamente desconhecidos. Explorar simplesmente, sem esperar nada. Ele me preguntou o que eu achava, e eu respondi “não tenho a menor ideia, mas topo a brincadeira!” …o que ele queria era filmar o processo, a surpresa!!  Adorei. Convidamos o fotógrafo Rodrigo Rosenthal a embarcar na viagem e ele gostou da ideia. Andre Muzhi, nosso vidreiro também topou. E nós 4 vivemos algumas horas de pura surpresa: fizemos o vidro, derramamos a massa incandescente sobre os objetos do cotidiano, e ficamos esperando pra ver o que aconteceria… a experiência foi incrível.

Espaco-zero-fusao-em-vidro

Experiências com vidro, fusão de vidro quente com rolo de papel

Espaco-zero-fusao-em-vidro

Resultado com a massa um pouco mais fria. Experiências com vidro, fusão de vidro quente com rolo de papel.

Damien está editando e publicando em seu canal do YouTube, deem uma olhada…………. Valeu a ideia, Damien!

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em ARTISTAS DO VIDRO, CULTURAL, CURSO, FUSING, OFICINA, VÍDEOS

Gostamos de vidro, fazemos arte

Gostamos de vidro, fazemos arte. Esculturas e vasos, assinados por Elvira Shcuartz, reconhecidos nacional e internacionalmente,  o público do Espaço Zero já conhece. Para lá dos objetos de escultura e design, há também projetos artísticos conceituais, pouco conhecidos de nosso público.

Uma das mais novas empreitadas de Elvira Schuartz, através do Espaço Zero, é a arte conceitual, aquele tipo de arte que geralmente está dentro dos museus, e não é vista enquanto não é exposta. Estes projetos circulam entre os curadores, museólogos, artistas e galeristas. Um grande trabalho, que iniciamos há pouco tempo.

No Espaço Zero temos projetos de arte que, a princípio, não estão em exposição. Logo ninguém, além de nós, os curadores, museólogos, artistas e galeristas, sabe que nos dedicamos a esta atividade.

No entanto, somos além de atelier, uma galeria de arte, aberta ao público, que atende sob hora marcada. Teremos o prazer de mostrar partes destas reflexões em nosso show-room e canais de comunicação.

Decidimos trazer a público este trabalho e compartilhar algumas imagens. São diversos projetos, no momento selecionamos três, que foram recentemente trabalhados.

Para Sempre Jardim (Forever Garden)

Uma obra feita a partir de 1000 garrafas de cerveja recicladas, aquecidas e sopradas novamente como uma escultura que remete a uma folha de grama. Cada uma destas esculturas é plantada na terra traduzindo um gramado. “Cristalizado em sua eternidade, este Jardim é a versão poética do legado dramático que preparamos para os nossos herdeiros.”

Forever-Garden

Mentes Briliantes (Brilliant Minds)

Instalação, Brilliant Minds é uma das mesas da coleção “Table, At”. Depois do chão, surgiu a mesa. Nela, nós comemos, planejamos, negociamos. Planejamos nossas vidas, casamentos, divórcios. Nós celebramos, pensamos. A mesa reflete nosso estilo de vida, posição social e tempo. É nosso perfil cultural. Pensar sobre mesas é pensar sobre nós mesmos, sobre nossa época. Brilliant Minds significa conversa, diálogo, compreensão.

brilliant-minds

Polvo

Tentação: a palavra mágica do século 21. A ela sucumbimos sem perceber. Não por ser uma novidade, mas por estar cada vez mais perto. O teatro, os livros, as orquestras sugeriam vontades. O rádio, a TV, o cinema, explicitaram tentações. As mídias sociais, internet trouxeram vontades e tentações para a ponta de nossos dedos.

A cada toque do indicador num “gorila glass”* centenas de tentáculos afloram para nos abraçar e sufocar. Sem nos darmos conta,  vamos dormir com as vontades no bolso do pijama.

O tentáculo de um polvo é o tributo à sedução em um mundo liquido.

*gorilla glass” é uma marca de vidro ultra fino e ultra resistente fabricado pela Corning Inc, utilizado atualmente em 4,5 bilhões de aparelhos do tipo tablete e celulares

O Polvo está exposto e à venda no nosso show-room. Venha nos fazer uma visita!

Octopus

Deixe um comentário

Arquivado em ARTISTAS DO VIDRO, Equipe Espaço Zero, NOTÍCIAS

Fios de Cristal

A tônica do trabalho de Elvira Schuartz sempre recai sobre os fios!

Prato Teia

Prato Teia | Espaço Zero | Elvira Schuartz

Cria de Murano, a artista aprendeu com os grandes mestres a arte da filigrana e suas variações. Esticar o cristal como uma calda de açucar é uma tecnica que ela explora em diferentes aspectos com resultados muito criativos.

Na foto, o prato Teias.

 

Deixe um comentário

Arquivado em ARTISTAS DO VIDRO, DECORAÇÃO, NOTÍCIAS, SOBRE O VIDRO..., VITRINE

O Troféu Anglo American

A Anglo American é um dos maiores grupos em mineração e recursos naturais do mundo. E não poderiam deixar de escolher um Troféu à altura.

A bem sucedida parceria entre Anglo e Elvira Schuartz  resultou nas belas esculturas ” Hevea” inspirada na folha de seringueira. Os troféus premiaram  valores essenciais da companhia ” Partnership , Sustainability, Innovation, and Safety”. A principio foram  encomendados para o evento da multinacional no Rio de Janeiro. Mas o sucesso foi tão grande que a empresa repetiu a dose para o evento mundial em Londres, UK.

Troféu Anglo American

Evento de entrega do Troféus Anglo American em 05/11/2010

Hevea | Escultura de Cristal | Elvira Schuartz

Conheça mais sobre a Anglo American

Deixe um comentário

Arquivado em CORPORATIVO

“…algo especial para homenagear!”

São Francisco - peça desenvolvida por Elvira Schuartz

“Estávamos em busca de algo especial para homenagear o casamento de amigos queridos, não somente como presente comprado em qualquer magazine ou loja especializada, mas sim algo que unisse espírito e matéria.

Conhecendo nossos amigos, devotos de São Francisco de Assis, o qual possui uma história de vida simplesmente maravilhosa, pensamos em presentea-los com uma imagem do Santo; foi aí que iniciamos nossa busca por uma imagem de cristal, matéria prima essa que a nosso ver simboliza a luz.

Dentro dessa busca encontramos a Artista Plástica Elvira Schuartz, a qual pesquisou São Francisco de Assis e imbuída do sentimento inerente à história do Santo, criou uma obra maravilhosa especialmente para este evento, da qual se torna impossível elaboração de outra com características exatamente iguais, superando nossas expectativas.

Enfim, deixamos aqui nossos sinceros agradecimentos e ressaltamos a plenitude e superação de atendimento a todos os nossos requerimentos.

Um grande abraço,

Vagner Dizio e Leila Nassif”

3 Comentários

Arquivado em SOPRO / CANA

Última Semana Art Ecô

Deixe um comentário

Arquivado em Exposições

Quatro nomes, quatro artes



Da esquerda para a direita, Leonardo Sternberg, Elvira Schuartz, Thaís Guarnieri e Pedro Sands

O Espaço Zero lançou, no último dia 7, a exposição Art Ecô, com uma coleção de jóias inusitada e eclética. O lançamento foi um sucesso, e aproveitamos para dar uma palavrinha com os quatro designers criadores das peças: Elvira Schuartz, Leonardo Sternberg, Pedro Sands e Thaís Guarnieri. Confira.

Elvira Schuartz

Há 20 anos criando arte em vidro e cristal, Elvira Schuartz sempre inovou no campo das esculturas e dos objetos de decoração. Agora, com a coleção Art Ecô, reinventa também o design de joias. A coleção não se trata apenas de aneis, brincos e pulseiras, mas também do real valor dos vidros na joalheria. “Pedras preciosas são milenares e, queiramos ou não, são o único fator de qualidade (dispenso comentários sobre acrílicos e sintéticos) a imprimir cor às joias. Os vidros que apareceram até hoje na joalheria não passaram de imitações baratas de pedras preciosas”, afirma a artista. As peças criadas manualmente por ela vão muito além das possibilidades oferecidas pelas pedras, pois trazem recursos que só o cristal permite, misturando seu brilho inigualável a tonalidades e nuances de cores.

http://www.espacozero.com.br

Leonardo Sternberg

Engenheiro de produção com especialização em administração de empresas e planejamento tributário. Esse era Leonardo Sternberg até 2007, ano em que mudou radicalmente e se tornou designer de joias. “Aconteceu por acaso: minha filha contratou uma designer para fazer as joias que usaria em seu casamento e dei uns palpites nos desenhos”, conta. A designer era ninguém menos que Solange Schnapp, com quem Leonardo fez uma exposição pouco tempo depois. “Desde então, procuro novas formas. Por exemplo, criei uma série de alianças que, quando compostas, se tornam peças totalmente diferentes”, conta o designer. Com Elvira Schuartz, começou a trabalhar em 2009. “O cristal e o vidro estão totalmente integrados às minhas joias. Eles dão um efeito de cor que não consigo com as pedras.”

Contato: leonardo@sternberg.com.br

Pedro Sands

O norte-americano Pedro Sands trabalha com sopro em vidro há mais de dez anos e tem um estúdio no Kansas. Foi por meio da namorada brasileira, a artista plástica Yasmim Flores, que conheceu o Espaço Zero e Elvira Schuartz. Atualmente em curta temporada no Brasil, expõe algumas peças de seu trabalho na exposição Art Ecô.  “Através do vidro, descobri a arte. Sinto-me como se tivesse nascido de novo”, afirma. “Faço joias, vasos e outras peças, mas tenho focado meu trabalho na abstração.”

Contato: psssands@hotmail.com

Thaís Guarnieri

A jovem designer se apaixonou pela arte da filigrana em viagem à América do Sul, onde se aprofundou na técnica durante um ano e meio. Em 2009, menos de dois anos após a volta ao Brasil, foi convidada pela gemóloga Mariana Magtaz para participar da feira de design International Expositions of Sculpture Objects and Functional Art (SOFA), realizada em abril em Nova York. “Como a feira é bastante conceitual, quis fazer algo diferente. Já conhecia o trabalho da Elvira e propus a ela que criássemos esculturas que misturassem filigrana e cristal”, lembra. Foi daí que surgiu a série de “joias para não vestir” intitulada Jardim, atualmente exposta no Espaço Zero. “A exposição Art Ecô está sendo uma ótima oportunidade de mostrar essas peças no Brasil”, diz Thaís.

http://www.thaisguarnieri.com.br

*Por Ponto & Vírgula Comunicação

1 comentário

Arquivado em ARTISTAS DO VIDRO, Exposições