Arquivo da categoria: FESTAS JUDAICAS

Peças e produções relacionadas às festas judaicas : Rosh Hashanah — O Ano Novo Judaico, Chanucá — Festival das Luzes, Pessach — Páscoa,Yom Kippur — Dia do Perdão …

Feliz Pessach – 5770


Tempo de Páscoa

De 29 de março a 6 de abril é celebrado o Pessach, ou Páscoa judaica, que marca a libertação do povo judeu do Egito. Mas você conhece o simbolismo por trás da comemoração?

Segundo os relatos, a primeira celebração de Pessach ocorreu há 3.500 anos, quando Moisés recebeu um chamado de Deus para libertar o povo hebreu, escravizado no Egito. Ele levou o pedido ao faraó Ramsés, que não lhe deu ouvidos. Então, para castigar a opressão aos judeus, Deus enviou dez pragas ao Egito, sendo que uma delas seria a morte de todos os primogênitos.

Para salvar os filhos judeus, Moisés pediu que todas as famílias oferecessem um cordeiro em sacrifício. E nas casas onde o sangue do animal foi espalhado na entrada, o anjo da morte passou sem entrar. Daí vem o nome Pessach, que em hebraico significa passagem.

Vendo seu próprio filho morrer, o faraó cedeu ao pedido de Deus. Em seguida, ele se arrependeria e mandaria seus exércitos atrás dos hebreus, o que culminou no episódio do Mar Vermelho, quando Deus abriu caminho entre as águas para salvar seus filhos.

Hoje em dia, durante os sete dias de comemoração, há diversos rituais celebrados em família, em que se procura, principalmente, ensinar às futuras gerações o significado desta tradição.

Arranjos e pratos para Pessach

A artista Elvira Schuartz apresenta este ano uma Keará em vidro criada especialmente para a data. Keará é uma espécie de prato utilizado no Sêder de Pessach, o jantar cerimonial realizado na primeira noite da celebração.

Na Keará, são colocados seis ingredientes simbólicos: betsá (ovo cozido), símbolo do ciclo da vida e que representa o sacrifício Corban Chaguigá; zeroá (osso de ave ou cordeiro), que representa o cordeiro pascal; maror (folhas amargas), que lembra a amargura da escravidão; karpás (salsinha ou salsão), que é mergulhado em água e sal para representar o sofrimento dos hebreus no Egito; charoset (purê de maçã ou tâmara), símbolo da argamassa usada pelos hebreus no Egito; e chazeret, que são mais folhas amargas. Também pode colocar matzá, o pão ázimo (sem fermento), no centro da Keará.

  • Arranjos com chocolates Kosher;
  • Pratos em vidro e cristal;
  • Keará – Prato para cerimonial de Pessach;
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em FESTAS JUDAICAS, O Pessach - Páscoa judaica