Por que restaurar um vidro ou cristal?

 A motivação que leva um indivíduo a restaurar um objeto de vidro ou cristal tem 2 origens:

Financeira/comercial – todo bem danificado envolve algum valor financeiro. Restaurar significa não perde-lo ou recuperá-lo. Desde a boca de um copo que lasca à um antigo objeto de arte decorativa, a restauração permite reaver um valor de dinheiro. Neste caso, o valor da restauração deve ser comparado com o valor de marcado do objeto restaurado para avaliar o custo/benefício do trabalho de restauração e ver o que compensa mais.

Em se tratando de objetos de arte antigos, deve-se ponderar com um antiquário de confiança a perda de valor em função da restauração para uma eventual venda futura. Embora toda restauração tire o valor de um vidro – já que nenhuma restauração de vidro é invisível (na melhor das hipóteses é discreta) é difícil estabelecer um percentual de perda já que o valor do objeto restaurado depende da idade do objeto, raridade da técnica ou estilo etc…

Diferente da restauração de pinturas, porcelanas, madeiras, o vidro jamais é refeito ou soldado e qualquer acréscimo ou colagem nunca é imperceptível. Já o desbaste não deixa sequelas.

Afetiva – Alguns objetos em nossas vidas guardam histórias ou lembranças afetivas que não podem ser quantificadas em valor monetário. Resta apenas ao proprietário do bem dispor do valor e estar certo de que a aparência final lhe remeterá àquela lembrança associada ao bem que se quer restaurar. Nestes casos, a restauração pode modificar o modelo, alterar medidas, mas tudo vale desde que a aparência geral se mantenha a mesma.

Instituições, quando buscam restaurar objetos, tem uma motivação à parte. Visam preservar a própria história do vidro, fatos históricos aos quais um vidro se refere, uma época ou recuperar o acervo de uma casa-museu.

Restauração de vidro

Restaurar um objeto de vidro consiste em 3 possibilidades:

1 – lapidação

2 –  colagem

3 – reposição ou replica

Diferente da restauração de pinturas, porcelanas, madeiras, o vidro jamais é refeito ou soldado e qualquer acréscimo ou colagem nunca é imperceptível. Portanto, toda peça colada terá uma pequena linha onde houve a união das partes. Já o desbaste não deixa sequelas e as réplicas, dependendo do caso podem ser perfeitas.

IMG_3936IMG_3910

*cristal é uma qualidade superior de vidro, assim designado por sua maior pureza e brilho

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Restauração de vidros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s